segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

KEROUAC - GERAÇÃO BEAT


Comecei a ler outro livro do Keroauc, "Geração Beat", uma nova peça teatral - escrita em três atos escritos em 1957 e datilografados pela sempre amorosa mãe de Kerouac, Gabrielle, também conhecida como "Mérmére".

Eu, lendo, já imaginei um curta metragem. hehehehe
Bom, para os admiradores, segue mais uma obra para desfrutarmos.

A peça nunca foi encena. Em uma carta, Kerouac descreveu seu interesse pelo teatro e pelo cinema da seguinte maneira.

O que eu quero é refazer o teatro e o cinema nos Estado Unidos, dar a eles um choque de espontaneidade, remover preconceitos de "situação" e deixar as pessoas delirarem como fazem na vida real. A peça é isto: nenhuma trama em especial, nenhum "significado" em especial, apenas a maneira como as pessoas são. Escrevo tudo o que escrevo no espírito em que me imagino como um anjo devolvido à Terra, que a vê com olhos tristes.

Sinopse
Por meio de diálogos que parecem imitar um jazz de ritmo sincopado, Kerouac, verdadeiro mestre-compositor, criador de maravilhosos arranjos, mostra a existência de pessoas reais, vivendo e morrendo no sonho americano, à margem da cultura e da sociedade do seu tempo. Entre uma discussão existencialista e uma corrida de cavalos, uma iluminação mística e uma bebedeira, surge o coração e a alma da geração beat, mentalidade que germinou durante décadas e acabou por florescer na contra-cultura norte-americana da década de 1960. Nada mais nada menos do que uma América autêntica e alternativa.

----------------
Now playing: Fatback Band - 01 - Hot Box
via FoxyTunes

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

TIM MAIA - VALE TUDO

Acabei de ler a Biografia do Tim Maia, escrita por Nelsonmôtta (<< quem ler o livro vai saber porque tá assim)
Bom, o lance é simplesmente frenético, pulsante, doido @#$%¨&*.
Já vou aproveitar e fazer uma apologia que nem ele fez no Tim Maia Racional I e II.

LEIA.... O LIVRO
VALE TUDO
O SOM E A FÚRIA DE TIM MAIA
NELSON MOTTA


Nem eu mesmo sabia que a vida de Tim Maia tinha sido tão sofrida, empolgante e divertida. É como Nelson Môtta mesmo diz, "não existe pessoa que fez o que queria e na hora que queria".

Pra quem já leu ou vai ler o livro segue um link bem interessante. São matérias que não foram publicadas no livro, como fotos e partes do livro >> Objetiva.

Segue algumas partes do livro em PDF's:
Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4