segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

DEPENDÊNCIA

A apetência por si só não chega a configurar a doença do apego. O gosto pela droga não é só o que define o drogado, mas a sua imcopetência para largá-la ou tê-la sob controle. Abdicar, resignar-se e desistir são palavras que o dependente desconhece. Querer algo com todas as forças não é mau; transformar esse algo em imprescindível, sim. A pessoa dependente afetiva nunca está preparada para e perda porque não concebe a vida em sua fonte de segurança e/ou prazer. O que define a dependência não é tanto o desejo quanto a incapacidade de renunciar a ele. Se há síndrome de abstinência, há apego irracional.

De forma mais específica, se poderia dizer que por trás de toda dependência há medo e, mais atrás ainda, algum tipo de incapacidade. Por exemplo, se sou incapaz de tomar conta de mim mesmo, terei medo de ficar só e me apegarei às fontes de segurança disponíveis representadas por diferentes pessoas. O apego é a muleta preferida do medo, um calmante com perigosas contra-indicações.

O fato de você desejar o seu companheiro ou a sua companheira, de deleitar-se com ele, de não ver a hora de se atirar em seus braços, de ter prazer com sua presença, com seu sorriso ou com sua mais terna bobagem, não significa que você sofra de dependência afetiva. O prazer (ou melhor, a sorte) de amar e ser amado é para ser desfrutado, sentindo e saboreado. Se a sua companheira ou o seu companheiro está disponível, aproveite ao máximo; isso não é apego, mas uma troca. Mas se o bem-estar se torna indispensável, a urgência em encontrar o outro não deixa em paz e a mente se desgasta pensando nele, bem-vindo ao mundo dos viciados afetivos.

Lembre-se: o desejo move o mundo e a dependência o freia. A ideia não é reprimir o desejo natural que surge do amor, mas fortalecer a capacidade de se libertar quando é preciso. Um bom sibarita jamais cria dependência.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

LASTEST PHOTOS

Fotos do último show da RHCP cover.
www.redhotchilipepperscover.com
 





Setlist

Stone Cold Bush
Dani California
Can't Stop
Scar Tissue
Tell me Baby
The Zephyr Song
Arond The World
Fortune Faded
Blood Sugar Sex Magik
Californication
Purple Stain
Otherside
Suck My Kiss
Give it Away
Hump The Bump
Charlie
Right on Time
Unde The Bridge
Me & My Friends
Yertle The Turtle
Blackeyed Blond
Out in L.A.
Fire
Search and Destroy
Power of Equality
By The Way
Soul to Squeeze